Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Viver em verso

20294078_762638660575196_1341860436185285544_n.jpg

É verdade, Antónia: de tudo faço versos:
é só parar, respirar fundo
as humildes coisas em redor
e deixar que eles me poisem nos ombros.
Desde que gostosamente me recolhi
no claustro dos meus dias
sou como as minhas plantas:
preciso de estar sozinha no meu vaso.
Que as abelhas se encarreguem de as polinizar
e a mim de me fazer
viver em verso.

Teresa Rita Lopes
(Faro)

Fotografia de Filipe da Palma_ platibanda / Algarve