Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

A Camões

10475593_379233645582368_775802750976322562_n.jpg

 

Ouvindo o que o mar dizia
Com a surdez dos olhos meus,
Fui escutando…e fiz-me deus
Fiz-me ao mar…e fui POESIA.
Fiz-me ao sal…e fui Império
Fiz-me ao Sul…e fui a gesta.
Perdi tudo. Eis o mistério
Da alma que ora nos resta.

1.2.98
Manuel Neto dos Santos
(Poeta, actor e declamador, tutor de língua portuguesa, nasceu em Alcantarilha (Silves) a 21 de Janeiro de 1959)

Arte - Adriano Aires
(Quarteira)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.