Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Amoras vermelhas

10610632_470910496414682_3322055657860905731_n.jpg

 

Amoras vermelhas crescem nas terras do Sul
(Wang Wei)

Nos silvedos à beira do valado;
Pascigo o olhar e vejo o meu amado
País dos beijos, sob um céu azul
Rubro-cerúleo na ilusão discreta
Que não sei se é dos beijos ou de amoras;
O vermelhão da boca, se demoras,
Teus lábios nos meus lábios de poeta.


Manuel Neto Dos Santos, em "Passionário" (a publicar)
(Alcantarilha)