Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Cheiros da Serra (Monchique)

27657570_849456105226784_8245225556121720056_n.jpg

 

O sol na serra cheira a alecrim,
A rosmaninho, urze e azinheira.
Ribeira rega o chão como jardim
E nos vales perdura a laranjeira.

A flor da esteva cobre a ribanceira,
Que namora o sol-pôr, em luz carmim.
Todo o caminho trepa na ladeira,
Que mais parece ir ter ao céu sem fim.

É sobe e desce nessa aragem pura
A que as flores silvestres dão frescura
E no chão um tapete colorido.

A sombra incerta, rala, do arvoredo
Talvez do calor guarde algum segredo
Pra ocultar ser ali o Éden perdido.

Tito Olívio (FARO)

Fotografia da Serra de Monchique por Isaura Almeida

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.