Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Como se fosse...

11401518_436508143188251_1781292929913502688_n.jpg

 

Como se fosse agora a vez primeira,
Rendilho a chaminé dos versos meus
Nesta rede de bilros, cinzelada.
Tenho arabescos e arcos de ferradura
No olhar…
O oásis dos meus sonhos, por achar…
Mais nada.

Manuel Neto dos Santos, do livro "Sulino"
(Alcantarilha)

Fotografia - Querensa (chaminés algarvias) por Martyna Mazurek

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.