Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Dias de então

FB_IMG_1506873285147.jpg

 

Há muito partiram os dias de então,
Com a tabuada cantada ao serão!
Quase nada resta a não ser o verão,
Das tardes brincando jogando ao pião…

Alfarroba torrada, azeite no pão,
Broa amassada, chouriço de porco,
Castanhas cozidas, couve coração
Eram os petiscos, sabiam a pouco

E na noite, na soleira da porta
fazia fresquinho, vinha da horta,
contavam-se contos de fazer medo.

Era um silêncio dentro da casa
Geladas as mãos, coração em brasa,
Rezavam Pai Nosso, mas em segredo.

 

Alcina Viegas
(Tavira)
Fotografia (Algarve antigo) por Artur Pastor

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.