Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

É sempre tempo...

11261662_500632356775829_299561037579698194_o.jpg

 

É sempre tempo
Para plantar flores
Mesmo que seja outono
E as harpas do tempo
Permaneçam em silêncio

É sempre tempo
Para encantar o vento
E fecundá-lo em ecos
Levando o mosto das palavras

É sempre tempo
De escrever poemas na areia
Desafiando as ondas
E a quietude da praia
.
Fernando Reis Luís, em Atalhos & Retalhos (a publicar)
(Monchique)

Fotografia - Praia da Rocha (Portimão) por Filipe Santos