Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Escrevo

10987696_385921448246921_411054773083433716_o.jpg

 

Escrevo sul como quem soletra água
Escrevo sol como quem rejeita mágoa
Procuro o mar entre cachões de espuma
Ou nas ternuras súbitas de uma brisa breve
Uma açucena um som um rasto de alfazema
Amendoeiras plantadas em terras de sal
E retenho o fulgor breve das palavras
Como se fossem ondas libertadas
De infinitos sonhos por cumprir
E escrevo um poema como quem ara a terra
Ou semeia a vida que há de vir.

Graça Maria Teixeira Pinto

Fotografia - Algarve - retirada do Google