Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Eurydice

FB_IMG_1506872330715.jpg

 

Eurydice perdida que no cheiro
E nas vozes do mar procura Orpheu:
Ausência que povoa terra e céu
E cobre de silêncio o mundo inteiro.

Assim bebi manhãs de nevoeiro
E deixei de estar viva e de ser eu
Em procura de um rosto que era o meu
O meu rosto secreto e verdadeiro.

Porém nem nas marés, nem na miragem
Eu te encontrei. Erguia-se somente
O rosto liso e puro da paisagem.

E devagar tornei-me transparente
Como morte nascida à tua imagem
E no mundo perdida esterilmente.

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

Fotografias de Eurídice Cristo

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.