Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Na treva

12365988_497458780426520_6254908567368588910_o.jpg

 

Na treva do meu livro, em tanta escuridão,
Era preciso um astro enorme, a cintilar:
Escrevi o teu nome e nasceu um clarão:
Falei da tua alma e já tenho luar.

João Lúcio, no livro "Descendo"
(Olhão, 4 de julho de 1880 - 26 de outubro de 1918)

Fotografia de Diamantino Inácio
(Faro)

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.