Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Oh doce luz, oh lua!

11886176_463329743839424_4049911697905680380_o.jpg

 

Oh doce luz, oh lua!
Que luz suave a tua,
E como se insinua
Em alma que flutua
De engano em desengano!
Oh criação sublime!
A tua luz reprime
As tentações do crime,
E à dor que nos oprime
Abres-lhe um oceano!

João de Deus (São Bartolomeu de Messines- 8 de março de 1830\ Lisboa -11 de janeiro 1896)

Fotografia - Ferragudo por Filipe Santos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.