Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Se fores ao Alentejo

11043533_428079267364472_5495571796416449778_o.jpg

 
Se fores ao Alentejo
não leves vinho nem pão:
leva o coração aberto,
e ao lado do coração
leva a rosa da justiça
e o teu filho pela mão.

Se fores ao Alentejo
não leves vinho nem pão:
leva o teu braço liberto
para abraçar teu irmão:
esse irmão que está tão perto
do teu aperto de mão
e que tão longe amanhece
nos campos da solidão.

Se fores ao Alentejo
não leves vinho nem pão:
leva a alegria de seres
irmão de quem vai parir
uma seara de trigo,
uma charneca a florir,
um rebanho e um abrigo,
e um amanhã que há-de vir
como se fosse outro amigo
dentro do sol, a sorrir.

Se fores ao Alentejo
não leves vinho nem pão:
leva o coração aberto
e o filho pela mão.

Eduardo Olímpio
(Alvalade do Sado - Alentejo)

Fotografia - Alentejo por Bruno Palma Fotografía

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.