Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Sentir

12339103_495995670572831_2339119049993112923_o.jpg

 

Recordo a toda a hora, com paixão,
a tarde em que pousei este meu rosto
nos braços do teu peito, de sol-posto,
em cachos de vislumbre e de emoção.

E foi naquela tarde de verão,
tecida de alegrias e desgosto,
dum junho parecido com agosto,
que fiz a despedida à tentação.

Levaste beijos dados à socapa.
Vencemos, sem querer, a grande etapa
de sermos um só corpo, em pensamento.

Chamaram, de outro lado, e tu partiste.
talvez eu nunca saiba o que sentiste,
mas eu senti tombar o firmamento.

Glória Marreiros
(Monchique)

Fotografia de Diamantino Inácio
(Faro)

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.