Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Sou espera que tempo tem

12047107_477319692440429_1601849590378376680_n.jpg

 

Não sou rio nem árvore nem gaivota.
Nem peixe nem fada nem marmota .
Sou gente e não sou “ninguém”!
Sou espera que tempo tem,
um coração em peito aberto,
caminho no deserto,
água que corre no rio
banhando teu corpo doirado,
afagand’ o teu cabel’ anelado....
sou pedaço daquilo que és...
sou um sonho e não sou...
sou a vida que te corre nas veias...
sou o sol que te beijou...
sou tudo e nada sou!
Sou o que tu quiseres!...
Mar calmo ou revolto...
infinito perdido
n’ eternidade.........
anjo ou demónio
no caminho em que vou
Sou tudo e nada sou!


Margarida A. Tavares
(Faro)

Fotografia de Diamantino Inácio
(Faro)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.