Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL em 25.06.18

Como o rio...

 Como o rio sobe os últimos degrausDo cais… trepo por tiNa languidez do beijo.Preia-mar de insóniaE do desejo;Bocas de sal e de cristais.
RUMO AO SUL em 21.06.18

Balada para uma Mãe

Descalça vai para o marMaria pela manhãLeva xailinho de lãLeva pressa no andarLeva na orla da saiaRaminhos de muitas floresLembrança dos seus amoresEspalhados pela praiaLeva nos braços de neve
RUMO AO SUL em 09.01.18

Há todo um mar...

 Há todo um mar inteiro, imenso e manso na volúpia e no balanço desse teu jeito de caminhar. Anca subida, maré cheia anca em baixo, praia-mar um subtil maneio, um enleio que me enleia
RUMO AO SUL em 26.08.17

PORTAS ALGARVIAS

 A arquitetura tradicional algarvia reflete a história, o gosto popular e as necessidades das gentes do sul. As portas tradicionais são em madeira e quase sempre apresentam postigos que, nas (...)
RUMO AO SUL em 27.02.17

O silêncio

 O silêncio é agora a minha fala. Escrevo-o nas linhas rasgadas a céu aberto com um archote de palavras da chama ténue, quase ausente. De pena e aparo em riste como o dardo curvo e breve
RUMO AO SUL em 24.06.18

A Mulher

 Se é clara a luz desta vermelha margemé porque dela se ergue uma figura nuae o silêncio é recente e todavia antigoenquanto se penteia na sombra da folhagem.Que longe é ver tão perto o (...)
RUMO AO SUL em 13.02.18

O Amor

  Deus — talvez esteja aqui, neste pedaço de mim e de ti, ou naquilo que, de ti, em mim ficou. Está nos teus lábios, na tua voz, nos teus olhos, e talvez ande por entre os teus cabelos, ou (...)
RUMO AO SUL em 01.10.17

Estendo-te as mãos

 Estendo-te as mãos E colho o canto dos pássaros E dos rios. Estendo-te as mãos E sorvo o gosto do orvalho E das neblinas. Estendo-te as mãos E o que acontece em mim? Sensuais desvarios Dos (...)
RUMO AO SUL em 26.04.17

Pedras que piso

 Não sei as pedras que piso Na vereda agreste Mas sei o rumo que sigo Não sei onde me leva o vale Nas suas águas bravas Mas sei que é para o mar Não sei aonde me leva o grito Na sua (...)