Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Tudo em si mesmo se inicia...

1425525_504201476418917_301310217042427626_n.jpg

 

Tudo em si mesmo se inicia e em si termina
ou não.

Talvez o nada seja o tudo que o ser em si não aparenta.

Cada coisa para ser, deve ter
a exacta medida na devida proporção
mas também poderá ser
um mistério em busca do significado,
ou uma equação com o resultado
em si próprio já impresso.

Vasto, vasto é o universo
e mesmo nessa vasta vastidão sem idade,
ele não passa do big-bang de um verso
explodindo no reverso
da sua própria singularidade.

Miguel Afonso Andersen, no livro "Da Volúpia, os sinais"
(Ferragudo\Portimão)

Fotografia - Via-Láctea sobre a praia do Pintadinho - Ferragudo (Algarve), da autoria de Leos Photos

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.