Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMO AO SUL

RUMO AO SUL

Volta até mim

11011440_407738099398589_1418866741988155671_o.jpg

 

Volta até mim no silêncio da noite
a tua voz que eu amo, e as tuas palavras
que eu não esqueço. Volta até mim
para que a tua ausência não embacie
o vidro da memória, nem o transforme
no espelho baço dos meus olhos. Volta
com os teus lábios cujo beijo sonhei num estuário
vestido com a mortalha da névoa; e traz
contigo a maré da manhã com que
todos os náufragos sonharam

Nuno Júdice
(29 de abril de 1949 (65 anos), Mexilhoeira Grande)

Fotografia retirada da página Portimão, Você Está Aqui